Terça-feira, 17 de Março de 2009

Mudanças.

Tive com a S. e com a L., as minhas duas grandes amigas de secundária (e que creio já ter falado delas um dos meus primeiros posts). Juntas, formávamos um grupo, companheiras de risotas e de saídas nocturnas, de trabalhos e de conversas de namorados, sexo, escola, futuro, sonhos... Éramos um grupo inseparável, onde estava uma estavam as restantes.

Já não as via à um ano; à um ano que não estavamos todas juntas.

A L. continua igual: bonita e atraente. À S. quase que nem a reconhecia e sinceramente não sei porque. Quanto a mim, segundo elas, estava muito diferente. Mas eu não concordo.

Exteriormente, sim, mudei. Aprendi a arranjar-me e emagreci (segundo o que dizem, porque eu cá não noto nada!). Sim, podemos dizer que mudei.

Interioremente não mudei. Continuo igual a mim mesma: tímida, complexada, confusa, triste e umas quantas coisas mais que não consigo descrever.

Num ano, podemos mudar muita coisa exteriormente... Mas o que fazer aquelas que permanecem internamente, aquelas que os outros não podem ver e que só nós as vemos e sentimos? Aquelas que aos poucos e poucos nos vão enfraquecendo?

Há anos que ando a tentar combater a angústia interna, mas parece que nada ajuda. Existe sempre algo que dificulta esse combate, que nos deixa sem saber o que fazer ou onde procurar as forças que necessitamos para tal.

Externamente todos nós mudamos. Internamente são poucos aqueles que os conseguem e os que não conseguem, vivem na angústia e na ânsia de alcançar a mudança.

Quiças, nem exterioremente eu tenha mudado...

Estou a ouvir: Enrique Iglesias : be with you
Escrito por DesabafosDaMinhaAlma às 18:16
link do post | favorito
De Matt Xell a 18 de Março de 2009 às 00:38
Realmente, nem sempre tudo o que parece é...
Mas as pessoas podem mudar internamente... Tu é que tens de ter mais alguma confiança em ti... Sabes que às vezes são as condicionantes da vida que nos levam a mudar... outras vezes, temos de ser nós a tomar a decisão de mudar, pois sabemos que as coisas não estão bem... Por vezes, é o conformismo que nos faz manter as coisas como estão e a não esforçarmo-nos para mudar...
De DesabafosDaMinhaAlma a 19 de Março de 2009 às 15:16
Às vezes o conformismo é apenas uma camada de protecção de medos e receios. Por vezes, por detrás dessa tela de protecção esta a angústia de que a mudança só nos traga mais sofrimentos.
Às vezes acho que é isso que se passa comigo: tenho medo de mudar por receio de que a mudança só me faça sofrer.
Um beijo.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Os prémios.

.Quem desabafa?

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
15
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Desabafos recentes

. Um até já!

. ...

. Apresentação.

. Que ódio!

. O PC e a internet.

. A pikena (parte 2).

. Dupla face.

. Consegui?!

. Recordar.

. Esta minha vida...

. A pikena.

. E hoje acordei assim...

. Vá, curte com ele! (2)

. Vá, curte com ele!

. Arrependimento...

.Caixa de desabafos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.mais comentados

18 comentários
13 comentários
11 comentários
11 comentários
10 comentários
10 comentários
10 comentários
9 comentários
8 comentários
8 comentários
8 comentários

.As imagens

Todas as imagens aqui publicadas resultam de pesquisas realizadas em motores de busca, salvo excepções referidas. A imagem do cabeçalho é da autoria de Irisz Agocs em Artista Blog.

.Arquivado em

. todas as tags

.Pesquisar

 
RSS