Terça-feira, 31 de Março de 2009

O exemplo...

O meu caderno diário é uma autêntica gatafunhada de letras, setas, números... São apontamentos (se é que os podemos apelidar como tal!) de difícil compreensão e em que poucos o percebem, apenas eu própria (mal seria!) e uma ou outra pessoa.

Outrora, era das pessoas mais organizadas com os cadernos diários. Os títulos tinham uma determinada cor, os subtítulos igualmente, existiam bolinhas, tracinhos e mais uns quantos elementos de organização. Antes da minha entrada na Universidade, os meus cadernos diários eram a perfeição!

Agora tudo mudou. Se quero apanhar tudo (ou quase tudo) do que os professores dizem tenho de fazer tudo à baldas...

Graças a esta desorganização, vejo-me obrigada a passar diariamente em folhas que, posteriormente coloco num dossier, todas as informações recolhidas durante as aulas. Aqui sim, exijo profissionalismo (ou quase) a mim própria... Na verdade, é frequente encontrar pequenos vestígios de corrector pois, não raras as vezes, me confundo na minha desorganização.

Ontem, andava eu "numa de passar os apontamentos a limpo" (porque nem sempre apetece) e comecei pela cadeira sobre os autores contemporâneos da Sociologia. A meio da minha escrita, relembrei o momento em que o professor repetidamente diz a seguinte frase:

- Com certeza que nem todos  vocês escolheram Sociologia como primeira opção. Contudo, à medida que foram avançando foram-se identificando com o curso.

Nisto, a "Mafalda" diz-me:

- Ouvistes o que disse o professor?

- Ouvi. Mas eu sou especial e sou ao contrário.

Eis que ele prossegue no seu belo exemplo:

- Outros, em contrapartida, entraram na primeira opção mas, e espero que não seja esse o caso, começaram a não se identificar com o curso...

Olhei para a "Mafalda" e logo compreendeu em qual me encaixava.

Se ele soube-se o quanto eu o odeio quando ele utiliza este exemplo...

Estou a ouvir: Lifehouse : if this is goodbye
Escrito por DesabafosDaMinhaAlma às 18:44
link do post | desabafar | favorito
2 comentários:
De O Gato a 1 de Abril de 2009 às 08:58
Olá rapariga
Eu também era assim quando estudava. Tinha um caderno onde passava as aulas todas, era um caderno com as matérias todas muitos desenhos e estudos de desenhos riscos e rabiscos e mais desenhos, pois eu estudei artes (Gráficas) era um caderno que cada vez que a minha mãe o via dava-lhe um ataque. Depois em casa passava as coisas com calma. Tentava desenhar os quadros de grandes pintores ou inventava tipos de letras em fim era maluco o que bastava. Por isso não és só tu.
Quanto ao professor talvez ele tenha razão já pensas-te nosso com calma, então pensa não vás tu arrepender-te no ultimo ano do curso.

Bj
De DesabafosDaMinhaAlma a 1 de Abril de 2009 às 16:37
Já pensei... Cheguei à conclusão de que, quase no final do 2º ano, não gosto do curso. Simplesmente não era isto que queria e com o qual pouco me identifico.
Mas já nada posso fazer, senão acabar o curso!
Beijos.

Comentar post

.Os prémios.

.Quem desabafa?

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
15
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Desabafos recentes

. Um até já!

. ...

. Apresentação.

. Que ódio!

. O PC e a internet.

. A pikena (parte 2).

. Dupla face.

. Consegui?!

. Recordar.

. Esta minha vida...

. A pikena.

. E hoje acordei assim...

. Vá, curte com ele! (2)

. Vá, curte com ele!

. Arrependimento...

.Caixa de desabafos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.mais comentados

18 comentários
13 comentários
11 comentários
11 comentários
10 comentários
10 comentários
10 comentários
9 comentários
8 comentários
8 comentários
8 comentários

.As imagens

Todas as imagens aqui publicadas resultam de pesquisas realizadas em motores de busca, salvo excepções referidas. A imagem do cabeçalho é da autoria de Irisz Agocs em Artista Blog.

.Arquivado em

. todas as tags

.Pesquisar

 
RSS