Quinta-feira, 2 de Abril de 2009

Tristeza.

Os últimos dias não estão a ser dos melhores...

Os velhos fantasmas regressaram e a minha tristeza também. A minha vida varia nisto, em períodos de alegria e os períodos de tristeza. Por vezes consigo disfarçar a tristeza que me vai na alma outras vezes, já não aguento mascarar a alma e demonstro o meu real estado. 

É nisto que vivo...

Ora alegremente, capaz de enfrentar tudo e todos; ora tristemente, tendo como companhia a solidão da minha alma, do meu ser.

De que me vale falar do que se passa, contar os problemas, as desilusões, os receios, os medos, se ninguém os resolverá, se ninguém (à minha volta) sabe como é esta sensação?

Pois... De nada.

Estou a ouvir: Beyonce : if i were a boy
Escrito por DesabafosDaMinhaAlma às 16:50
link do post | desabafar | quantas almas desabafaram (8) | favorito
Domingo, 29 de Março de 2009

"Morro lentamente"

"Morre lentamente quem não viaja, quem não lê,
quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo.

Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio,
quem não se deixa ajudar,
morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito,
repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca,
não se arrisca a vestir uma nova cor
ou não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.

Morre lentamente quem evita uma paixão,
quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobre os "is" em detrimento de um redemoínho de emoções,

justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho,
quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho,
quem não se permite pelo menos uma vez na vida a fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante...

Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo,
não pergunta sobre um assunto que desconhece
ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior que o simples fato de respirar.
Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio pleno de felicidade."

 

(Pablo Neruda)

 

É isto que sinto, a morrer lentamente...

Porque não encontro graça em mim.

Porque não consigo pedir ajuda.

Porque repito hábitos, trajectos.

Porque não arrisco vestir uma nova cor.

Porque evito paixões.

Porque não viro a mesa.

Porque não me permito fugir aos conselhos sensatos.

Porque não foi capaz de seguir os sonhos que o meu coração desejava...

Estou a ouvir: Spice Girls : viva forever
Escrito por DesabafosDaMinhaAlma às 20:03
link do post | desabafar | quantas almas desabafaram (6) | favorito
Terça-feira, 3 de Fevereiro de 2009

Duas frases, o mesmo sentimento.

Porque é que havia de me sentir sozinha? Raras vezes na minha vida, desde que me lembro de mim, tive um sentimento de solidão. E não me sinto mal na minha companhia, divertimo-nos muito as duas, eu e eu. Não me aborreço.

 

 

Não sei o que é a solidão. Nunca me senti só. Acho fantástico ficar comigo mesma, com meus milhões de dúvidas e preocupações.

Hoje estou: solidão.
Estou a ouvir: Deolinda : eu não sei falar de amor
Escrito por DesabafosDaMinhaAlma às 20:11
link do post | desabafar | quantas almas desabafaram (14) | favorito
Sábado, 24 de Janeiro de 2009

Numa pausa...

Parei para reflectir, pois não me compreendo. 

Não sei o que se passa comigo... Talvez cansaço de uma época longa, em que os livros, papéis e canetas passam a ser a nossa melhor companhia. Talvez seja do tempo, ora com sol, ora com chuva, frio e vento. Talvez seja da mágoa, da tristeza, da desilusão. Talvez.... Talvez seja tanta coisa que não consigo traduzir!

Estou a realizar um sonho, um desejo. Estou onde cria e onde muitas queriam estar, conseguindo óptimos resultados, fazendo esquecer brevemente a tristeza... Tenho excelentes amigos que me dão o apoio de que necessito. E uma família... Dois pilares fundamentais para construir um caminho rumo à felicidade!

Mas falta algo...

Procuro encher a cabeça e o tempo com coisas para esquecer, temporariamente, a desilusão da vida. Mas, às vezes não chega e eis que bate à porta novamente a solidão acompanhada dos seus inúmeros "amigos": a tristeza, a dor, o desespero, a raiva...

É engraçado saber que à minha volta todos, mais ou menos bem, conheceram o quão gostoso pode ser saber que alguém se preocupa connosco, que goste de nós como somos, que nos dê carinho, amizade, respeito ... e não falo apenas da familia e dos amigos. Eles são importantes, mas não chega.

Nas novelas, nos filmes, nas séries, nos livros de romance existe sempre o final feliz. Aquele em que alguém acaba sempre com alguém, conhecendo o amor. Mas porque existe sempre o final feliz, aquele do "... e viveram felizes para sempre ..."?

Os amigos e a familia preenchem uma parte de mim, mas não a completam. Aliás, poucos serão aqueles que se satisfazem apenas com estes dois pilares.

Falta o pilar do amor... Aquele que todos nós procuramos e que apenas alguns o conheçem.

Não compreendo esta necessidade incessante de conhecer o amor... Não compreendo o amor e as relações que se criam... E porque ansiamos todos nós pelo amor?

A vida é feita de inúmeras perguntas sem resposta. Por mais que tentemos encontrar as respostas para essas dúvidas, nunca satisfazemos a nossa curiosidade.

Quero conhecer o amor e sei que necessito disso. Porque? Não sei... Talvez para deixar de me sentir cansada. Talvez para o sol comece a brilhar todos os dias e não apenas quando as condições metereológicas o permiem. Talvez para parar de sentir esta tristeza, mágoa, revolta, dor, que ora vai ora bem. Talvez para eliminar a solidão do meu caminho e do meu coração. Talvez, porque é o percurso natural da vida...

 

Hoje estou: em baixo!
Estou a ouvir: Lulla Bye : a bigger plan
Escrito por DesabafosDaMinhaAlma às 21:40
link do post | desabafar | quantas almas desabafaram (6) | favorito
Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008

Blog...

Andava a navegar no mundo da blogosfera, lendo outros blogs, quando finalmente reencontrei um blog que já andava a acompanhar no meu primeiro blog, que entretanto apaguei.

O blog forá criado, inicialmente, para falar sobre o percurso até ao peso ideal. Alcançada a meta, a autora do blog pretendia apagar o blog, mas não consegui...

A primeira vez que criei um blog, tinha o intuito de escrever aquilo que não consegui transmitir oralmente: frases, pensamentos, ideias, desabafos, medos, receios... Entretanto apaguei-o. Tomei esta decisão porque achava que o blog não estava a tomar o rumo que queria (que para ser sincera, não sei qual era!) e achava que ninguém tinha de estar a ler o que eu escrevia.

Contudo, percebi que precisava de um sitio para falar sobre mim, sobre o que me rodeava, sobre tudo em geral. Numa tarde em que me sentia mais deprimida e em baixo, eis que dou inicio ao meu segundo blog.

Sinceramente já não me preocupa que leiam o que escrevo. Compreendi que tal como eu, mais pessoas passam por momentos difíceis, encontrando no seu blog, no seu espaço, no seu diário o local indicado para desabafarem o que lhes vai na alma. Mais, como já referi no primeiro post, Maria há muitas e não é pelo nome de Maria que me conheceram. É um local só meu, onde posso escrever, gritar, berrar, dizer mal e mais não sei o que sem me preocupar com os outros... Ninguém sabe quem é esta Maria (, tirando a I. que sabe da existência do blog, mas que não deve de cá vir!).

O meu blog é uma espécie de Muro das Lamentações, onde me lamento sobre tudo e nada, mas que importa isso? É a minha forma de desabafar... 

Depois de ter apagado o primeiro blog, não penso dar o mesmo destino a este. Só pararei quando já nada tiver para dizer (ou quando não tiver internet! )...

Hoje estou: blogueira!
Estou a ouvir: HelloGoodBey : here in your arms
Arquivado em: , , , ,
Escrito por DesabafosDaMinhaAlma às 13:37
link do post | desabafar | quantas almas desabafaram (1) | favorito

.Os prémios.

.Quem desabafa?

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
15
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Desabafos recentes

. Tristeza.

. "Morro lentamente"

. Duas frases, o mesmo sent...

. Numa pausa...

. Blog...

.Caixa de desabafos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.mais comentados

8 comentários
6 comentários
6 comentários
1 alma

.As imagens

Todas as imagens aqui publicadas resultam de pesquisas realizadas em motores de busca, salvo excepções referidas. A imagem do cabeçalho é da autoria de Irisz Agocs em Artista Blog.

.Arquivado em

. todas as tags

.Pesquisar

 
RSS