Sábado, 21 de Março de 2009

Conversas de gajas.

Mostrei à "Mafalda" o perfil do D. no Hi5. Olhou, observou e deu o seu parecer:

 

- Olha que ele parece ser um bem girinho...

- Isso não é coisa que me importe muito. O que me interessa é saber que tipo de pessoa é.

- Parece ser um rapaz "bué" certinho.

- Aparentemente. Às vezes os mais certinhos são os piores.

Hoje estou: conversas de gajas.
Estou a ouvir: André Indiana : under the sun
Escrito por DesabafosDaMinhaAlma às 12:58
link do post | desabafar | favorito
Quinta-feira, 19 de Março de 2009

D., o amigo virtual.

O D. é, aparentemente, um rapaz interessante (digo aparentemente porque não o conheço).

Tive a feliz (ou infeliz) casualidade de o conhecer numa rede social (algo parecido com o Hi5), quando decidi partilhar uma espécie de anedota. Ele comentou, mas eu não respondi. Mais tarde recebi uma mensagem privada do D. e não mais deixamos de falar. Estava longe de imaginar que isto seria o principio para uma amizade virtual.

Inicialmente considerava que o D. seria mais um daqueles rapaz interessados em conversas ordinárias e sujas, apesar de as mensagens privadas que enviava para a minha página pessoal demonstrarem o contrário. Pensava que o D. apenas queria o meu email para que fizesse o que muitas adolescentes fazem: ligar a web câmara e despirem-se para quem esta do outro lado (conheço quem o tenha feito). Enganei-me.

Ao longo de 4 meses, muita "tinta correu" (neste caso, muito escreveram os nossos dedos). Falávamos de um pouco de tudo: livros, amores, desgostos, tristezas, viagens, sonhos ... praticamente sabemos tudo um sobre o outro. Aliás, acrescentaria que nunca as conversas começavam por minha iniciativa; era sempre ele quem começava a conversar comigo. O tema sexo nunca surgiu... Ou melhor, ele chegou a ser comentado superficialmente (e apenas uma vez referiu uma fotografia com um decote).

Somos ambos descomprometidos, solteiros e carentes. Talvez por isso tenha manifestado interesse em me conhecer pessoalmente; ou talvez não. Talvez tencione conhecer mais uma amiga. Desconheço quais os motivos para ele me querer conheçer (e já pensei em milhares, boas e más). Os meus são claros: deixar de o tratar apenas como um "amigo virtual".

Na verdade, tenho dentro de mim um bichinho que me pede para o conhecer. Mas há medos. Mil e um medos de conhecer o desconhecido, de conhecer o D..

Graças a estes medos, decidi pesquisar histórias de amigos virtuais que se tornaram reais. Fiquei surpreendida. A maioria das histórias relatadas são negativas, de encontros que se tornaram pesadelos. Mas há um lado bom, daqueles que se conheceram e se tornaram amigos e, noutros casos, até namorados.

Desabafei com a "Mafalda" este assunto. Ela considera que deveria marcar esse encontro, mas com cuidado. Ou seja, deveria ir para um sítio movimentado, onde ela e o M. poderessem estar para o caso de acontecer algo mau, só para prevenir.

Sei que não poderei adiar por muito tempo este inevitavél encontro, porque eu própria o desejo. Mas gostaria de o fazer só para Maio, altura das festas académicas.

E vocês, o que acham?

Hoje estou: a precisar de conselhos!
Estou a ouvir: Lifehouse : hanging by the moment
Escrito por DesabafosDaMinhaAlma às 14:56
link do post | desabafar | quantas almas desabafaram (18) | favorito
Domingo, 16 de Novembro de 2008

Bastam 2horas para fazer asneiras...

Sempre foi uma rapariga muito solitária.

Por vezes tenho medo até de mim própria, do que faço, do que penso.

A solidão atormentam me; é um dos meus maiores medos. Ter amigos e familia é bom, óptimo, excelente, mas não chega... Há sempre a falta de um carinho, de um miminho, de uma frase...

Nunca namorei; orgulho-me disso (até certo ponto). Mas, sinto que a minha não vivi muita coisa, coisas que a quase totalidade das raparigas da minha idade já experimentaram, viveram.

Por isso, de vês em quando, decido navegar no mundo da internet e explorar novas coisas.

Já a algum tempo que desejava conhecer os sites de encontros, aqueles que dizem "ajudar a encontar uma amizade ou um amor".

E hoje encontrei um e decidi inscrever-me. Ainda mal estava a explorar aquilo, quando alguém me convidou para um chat.

Não vejo mal naquilo, mas depressa me fartar-to. As conversas são sempre as mesmas, aborrecidas... Bastaram-me duas horas e duas conversas para me cansar. Decidi apagar aquilo e a única foto que lá tinha; por acaso, uma com decote.

Os dois tipos que a viram a foto ficaram excitados (o decote nem era nada de especial, mas os homens são mesmo assim)! Um deles, chegou mesmo ao ponto de me convidar para ir tomar café, desde que levasse aquele decote... A resposta foi: "Sim, quem sabe, lá para 2040 se ainda estivermos vivos!"

Arrependi-me...

Tenho duas páginas em redes sociais que, praticamente, nem ligo. Numa delas, apenas procuro colocar em destaque textos e coisas que gostos e evito colocar em destaque fotos.

Ao longo deste tempo e depois de inúmeras conversas em chats compreendi que aquilo que a maior parte dos homens quer é alguém para levar para a cama.

Contudo, tenho medo da solidão e por mais que aprenda que aquilo não serve de nada, torno a lá ir. Não sei porque. Talvez espere encontrar alguém que não encontro na vida real...

Às vezes sinto que o computador e a internet são os meus melhores amigos, o "namorado" que não tenho... Continuo a pensar que talvez, do outro lado, esteja alguém interessante, com quem se possa conversar...

Gostava tanto que a minha vida fosse como eu a fantasio todas as noites...

 

Hoje estou: porque?!
Estou a ouvir: Nickelback : far away
Escrito por DesabafosDaMinhaAlma às 20:58
link do post | desabafar | quantas almas desabafaram (4) | favorito

.Os prémios.

.Quem desabafa?

.Maio 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
15
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Desabafos recentes

. Conversas de gajas.

. D., o amigo virtual.

. Bastam 2horas para fazer ...

.Caixa de desabafos

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.mais comentados

.As imagens

Todas as imagens aqui publicadas resultam de pesquisas realizadas em motores de busca, salvo excepções referidas. A imagem do cabeçalho é da autoria de Irisz Agocs em Artista Blog.

.Arquivado em

. todas as tags

.Pesquisar

 
RSS